Com referências de funks antigos, Andrade lança “Coreano”

Com referências de funks antigos, Andrade lança “Coreano”

Trabalho também chama atenção pelo clipe cinematográfico com roteiro de Giovanni Zanardi, direção de Wesley Lobo e edição de Thiago Selau.

Ajude o site PRUSMANO, faça uma doação

Na quinta-feira (27), Andrade lança “Coreano” em parceria com Leozinho ZS e Wall. A composição é uma homenagem àqueles que se foram por conta do envolvimento com o crime. O trabalho ainda chama atenção por apresentar um audiovisual cinematográfico.

Disponível nas principais plataformas de streaming “Coreano” tem assinatura da Aldeia Records, label da maior batalha de rima do país, a Batalha da Aldeia. O canal do YouTube da gravadora, por qual será veiculado o clipe ultrapassa os 120 milhões de visualizações. Inclusive, “Rubi”, de autoria de Andrade, soma mais de 50 milhões de views por lá. 

Com produção de Greezy, “Coreano” reflete o sentimento que está bem explícito no refrão. “Saudade dos que já se foram por conta vida do crime”. Andrade explica que “as referências de funks antigos trazem a nostalgia e saudade dos tempos antigos, complementando a temática da música. Buscamos ainda deixar nítido tanto na track quanto no audiovisual, a mensagem de que o crime não compensa”.

Com produção de Greezy, “Coreano” reflete o sentimento que está bem explícito no refrão e, infelizmente, é presente na vida de muitos moradores da periferia. “Saudade dos que já se foram por conta vida do crime”. Andrade ainda explica que “as referências de funks antigos trazem à tona a nostalgia e a saudade dos tempos que já se foram, complementando a temática da música e reforçando o clima de saudade que o som trás. Buscamos deixar nítido tanto na track quanto no audiovisual a mensagem de que o crime não compensa“.

Andrade também afirma que foi muito gratificante trabalhar com o Wall, MC e produtor do qual o artista já era fã. E conta sobre a surpresa a participação de Leozinho ZS. “Após ouvir a música, o próprio Leozinho pediu para participar e foi uma surpresa imensa e gratificante, pois a inspiração pra começar Coreano foi a música Homenagem aos Relíquias, track da qual Leozinho participa. Utilizei do conceito de trazer referências de músicas nostálgicas para os jovens que também está presente na track do Leozinho e no fim das contas, o destino fez o papel de unir o nosso trabalho“.

O clipe de “Coreano” foi gravado na casa da Aldeia Records e em outras duas locações de São Paulo,  seguindo todos os protocolos de segurança. O roteiro é de Giovanni Zanardi, a direção de Wesley Lobo e a edição de Thiago Selau.

Além de Andrade, a Aldeia Records ainda trabalha com os MCs Alva, Bob13, Mikezin e Jafari. Para 2021, novos lançamentos estão previstos.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja Também

Filosofia de Rua apresenta seu novo trabalho, o clipe “Meu Recanto”

O grupo Filosofia de Rua traz em seu novo som, “Meu Recanto”, um contexto que envolve representatividade, respeito e...

Com “Furiosa”, Anitta entra para trilha sonora de Velozes e Furiosos 9

Anitta lançou nesta sexta-feira (18) seu novo single, "Furiosa" em todas as plataformas digitais, a...

Versatil Wolfff lançará o EP “AALAA” na próxima quarta-feira (22)

Em tempos de músicas descartáveis e genéricas, devemos colocar os holofotes em artistas fora da...

Com BNegão, single do Baião de Spokens é manifesto de uma era

Tensão. Revolta. Agonia. Estes são alguns dos sentimentos que podem aflorar ao ouvir "Idade Ruydosa", o...

Relacionadas