No funk desde os 13 anos, MC Murilo MT lança seu primeiro álbum de inéditas

No funk desde os 13 anos, MC Murilo MT lança seu primeiro álbum de inéditas

"Ninguém Nasceu Pra Sofrer" reúne 7 faixas e faz menção às dificuldades enfrentadas pela periferia na pandemia.

Nascido no Jardim Record, Taboão da Serra, zona sul de São Paulo, Murilo Faustino Almeida – conhecido como MC Murilo MT -, é dono de uma voz inconfundível e coleciona números impressionantes em suas canções: “Copão na Mão” conta com mais de 12 milhões de visualizações no YouTube; “Churrasco em Família”, mais de 14 milhões de acessos e “Oh Bebê”, seu mais recente hit, ostenta 40 milhões de visitas.

O MC começou sua carreira aos 13 anos de idade e, desde então, vem aprimorando seu dom e dominando o segmento musical em parceria com as produtoras Resumo e GR6, que compartilham a gestão das suas atividades. Em 2020, com a interrupção dos shows por conta da pandemia do Covid-19, o artista pôde refletir sobre as mazelas vivenciadas pela periferia.

“Certo dia, estava na minha produtora, a Resumo, e um dos meus empresários chegou e conversamos por algum tempo, onde ele relatou que um motorista de aplicativo resumiu um assunto que estavam conversando com essa frase: ‘Ninguém nasceu pra sofrer’. Passei dias com vários sentimentos, onde acabei compondo essa música que se tornou tema do álbum”, relata Murilo.

Além da homônima, o álbum “Ninguém Nasceu Pra Sofrer” apresenta mais 6 músicas que são assinadas pelos DJ Muka, Guuh, Marquinhos TM, Pudim e Chulo. A única participação do disco é a do MC GP, no lovesong “Amor da Minha Vida”. No geral, o repertório do álbum apresenta reflexões sobre o cotidiano na periferia e trata de assuntos que permeiam o universo jovem, como na música “Nobru”, em que homenageia um dos mais famosos jogadores de Free Fire.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Mais