Celebrando a música preta brasileira, Deezer lança canal especial

Celebrando a música preta brasileira, Deezer lança canal especial

A plataforma segue com o seu compromisso de apoiar artistas e criadores negros - desde nomes já consagrados até jovens talentos.

Ajude o site PRUSMANO, faça uma doação

Que devemos à Cultura Black a origem e influência em diversos ritmos musicais não é segredo, e devemos inclusive exaltá-los cada vez mais. Para celebrar e discutir os assuntos importantes que o dia da Consciência Negra propõe, a Deezer disponibiliza na página inicial e de forma fixa na guia ‘explorar’, em todo o mundo, o canal “Cultura Negra”.

Com informações sobre igualdade racial e justiça por meio de podcasters, influenciadores e artistas que também usarão suas vozes para homenagear todas as pessoas negras que revolucionaram o cenário musical. O canal está dividido por módulos que incluem playlists 100%, artistas icônicos, escolhas do editor e podcasts de produtores negros.

Todos os conteúdos originais que serão lançados no mês de Novembro, como o faixa a faixa, o podcast ‘Essenciais’ e os episódios do podcast ‘Pop Story’ serão uma homenagem à artistas negros. Entre as surpresas, está o lançamento da “Playlist da Minha Vida”, onde personalidades como Ludmilla, Rashid, Neguinho do Kaxeta, Karol Conka e Rodriguinho compartilharão as 10 faixas mais importantes de sua carreira enquanto comentam sobre elas.

E por falar em música, a plataforma de streaming também ganhará mais duas playlists com foco em artistas negros undergrounds: Axé de Protesto e Pagode. Estas se somam às outras diversas playlists nacionais e internacionais – que são atualizadas constantemente – e focam em diversos gêneros como Pop, Funk, MPB, Rap, R&B, Soul, Hip-Hop e muito mais, permitindo assim que o público tenha acesso a uma grande variedade de vozes, incluindo artistas em ascensão.

Mas a Deezer não deixou de fora artistas que já fizeram história. Diariamente, a plataforma escolherá um álbum clássico para evidenciar grandes nomes. Além disso, semanalmente, músicos consagrados serão homenageados na sessão Tributo. São eles: Arlindo Cruz, Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus e Racionais MC’s.

Olhamos sempre de forma humana pra nossa plataforma para promover a igualdade racial e a justiça. Ao longo da história, os músicos negros fizeram música que o mundo inteiro ama, porém, nem todos os artistas e criadores negros estão recebendo a atenção e o respeito que merecem, e queremos mudar isso, uma vez que música não é apenas música, é história também, e há muito dela na cultura negra“, comenta Vithor Reis, editor da Deezer e responsável pela curadoria do canal.

Nos desafiamos a seguir propondo espaços de reflexão sobre as questões que a data pede e, ao mesmo tempo, incluir cada vez mais variedades de estilos musicais para que a comunidade artística tenha representatividade. Queremos garantir que haja um espaço permanente na Deezer onde possamos destacar o talento negro”, complementa Pedro Kurtz, diretor de conteúdo da Deezer no Brasil.

Todas as playlists e novidades já estão disponíveis na plataforma e podem ser acessadas diretamente pela home do app ou no canal de Cultura Negra.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja Também

Abordando vulnerabilidade infantil, Haikaiss lança “Salva Vidas”

A faixa "Salva Vidas", uma das mais emblemáticas de ‘Aquário’, foi a escolhida para fechar...

Pacificadores lança novo single “Jogo da Vida”; Ouça aqui

"Jogo da Vida", novo single de Pacificadores. O projeto é a nova faixa de trabalho...

Com participações especiais, Gaab lança o álbum “Hora do Show”

Após o sucesso do single "Volta Que Dá Tempo", lançado em novembro de 2020, Gaab...

MC Gui e MC Liro se unem no laçamento de “Eu Vim do Pouco”

Chegou às plataformas digitais na última sexta-feira (22), "Eu Vim do Pouco", a nova aposta...

Relacionadas